Em termos simples, a laminite é uma inflamação das lâminas do interior do casco, causando dor e claudicação. O grau de severidade varia de um leve desconforto a dor extrema que impossibilita alguns cavalos de permanecerem em pé.

Sintomas da Laminite
Horslyx Laminitic Changes Diagram PortugueseA laminite aguda pode ocorrer muito rapidamente. Sintomas incluem claudicação extrema – principalmente enquanto o cavalo estiver se movimentando num círculo ou superfície dura, recusa de caminhar, pulso aumentado próximo aos cascos. Quando estiver em pé, o cavalo pode jogar seu peso para os membros anteriores para aliviar a pressão nos anteriores ou pode deitar e se recusar a levantar-se.

Com a laminite crônica, os sintomas serão constantes e são, geralmente, resultado de alterações anteriores. Você poderá notar anéis em volta das paredes dos cascos – os quais indicam casos anteriores de laminite – e o cavalo pode desenvolver um pescoço em crista.

Se você suspeita que seu cavalo possa estar sofrendo de laminite, entre em contato com seu veterinário imediatamente.

Uma vez que você tenha o diagnostico, você poderá começar a implementar vários passos para prevenir ou lidar com esta condição debilitante.

Por que ocorre a laminite?

A laminite é quase sempre causada por alguma disfunção metabólica que pode ser gerada por inúmeras circunstâncias, inclusive doenças severas, uso prolongado de corticoides, trauma excessivo ao casco ou, mais frequentemente, pela sobrecarga de frutose decorrente de pastagem ou por sobrecarga de carboidratos.

Você sabia?

Pesquisas sugerem que um grande percentual de equinos que sofrem de laminite, tem por trás da condição um problema hormonal, sendo os mais comuns a Síndrome Metabólica Equina (EMS) e Síndrome de Cushings. Estes problems podem ser diagnosticados por exame de sangue e, caso suspeite que seu cavalo possa estar sofrendo destas síndromes, busque assistência veterinária imediatamente.

CUIDANDO DA LAMINITE

O Horslyx contém alta concentração de vitaminas, minerais e elementos vestigiais elaborados para equilibrar a deficiência de nutrientes de uma dieta baseada em volumoso. O lambedor palatável, resistente ao tempo e de bom custo-benefício, oferece uma forma de reduzir a incidência de picos glicêmicos ao estabelecer um padrão de alimentação natural e em pequenas porções (trickle feeding). Este consumo frequente e de pequenas quantidades significa que os nutrientes são absorvidos pelo intestino delgado e não alteram a flora do intestino grosso.

Para cavalos com tendência a ter laminite ou animais com sobrepeso, há medidas que você adotar para cuidar e prevenir a laminite:

  • Monitore o consume de capim do seu cavalo ou pônei – isto pode ser feito deixando-os por menos tempo no pasto, ou soltando-os em piquetes com pastos de pior qualidade ou usando uma focinheira.
  • Tente reduzir a quantidade de cereais da alimentação do seu animal, o que irá diminuir o consumo de carboidratos.
  • Muitos cavalos com tendência a ter laminite precisam de dietas de baixo teor calórico e alto teor de fibras, porém alguns terão mais necessidade energética. Se for este o caso, escolha produtos como óleo, alfafa e polpa de beterraba já que estes produtos contêm poucos carboidratos e liberam energia lentamente.
  • Quando seu cavalo estiver sob estress físico, você obviamente não deverá acrescentar mais calorias à sua dieta, mas ainda assim precisará dar suporte à sua recuperação. Assegurar que ele receba todas as vitaminas, minerais e elementos vestigiais necessários, e também antioxidantes, fará com que ele tenha os elementos necessários para sua saúde.
  • Certifique-se de que um ferrador cuide regularmente dos cascos de seu cavalo e suplemente a dieta do seu animal com ingredientes como a biotina, metionina e zinco que proporcionam o crescimento saudável dos cascos.

Você sabia?

Que monitorar o consumo alimentar/nutricional de cavalos com tendência a ter laminite é o ponto chave quando estiver fornecendo Horslyx. Se estiver restringindo seu acesso a volumoso ou pastagem, não permita que o cavalo tenha livre acesso ao Horslyx já que é mais provável que um cavalo com fome consuma Horslyx em excesso. Uma maneira simples de restringir o consumo de Horslyx é o uso do suporte para Horslyx de 5kg com a barra restritiva acoplada.